• A089_C001_112305

FIM DO MUNDO

Direção: Hilton Lacerda e Lírio Ferreira

Status: Em finalização

Com Hermila Guedes, Jesuíta Barbosa e Marcélia Cartaxo

[Minissérie / 5 ep. / 26′]

O carro desliza por uma estrada. Dentro dele estão Cristiano e sua mãe, Vitória. Estão indo para Desterro. “Tempo que não vou lá. Fui duas vezes e só. Fim do mundo aquele lugar”, fala Vitória antes de descrever um pouco o caráter do irmão Balbino e da sociedade destrambelhada daquela cidade.

Desterro é uma cidade interessante. Visualmente não difere muito de outras cidades pequenas do Nordeste do Brasil, localizada entre a Zona da Mata e o Semi-Árido. São nas particularidades que podemos detectar suas nuances, seus desvelos, seus delírios.

Veículo: Canal Brasil

  • 6
  • 5
  • 2
  • 1
  • 3
  • 6

O NADO DE JOANNA

Direção: Lucas Fittipaldi

Ano: 2015

Com Joanna Maranhão

[Teledocumentário / 26′]

O documentário aborda uma das trajetórias mais marcantes da natação brasileira. Joanna Maranhão dividiu as atenções da mídia ao longo da última década. Primeiro com o brilho nos Jogos de Atenas, aos 17 anos, quando fez história ao chegar em quinto lugar na prova dos 400 medley. O melhor resultado da natação feminina do Brasil em Olimpíadas. Fora das piscinas, seu nome extrapolou a esfera esportiva e batizou a lei 12.650/2012. Joanna se envolveu em polêmicas e vivenciou episódios amargos.

Veículo: ESPN Brasil

  • 1

DOCE BRASIL HOLANDÊS

Direção: Mônica Schmiedt

Ano: 2010

[Documentário / Brasil + Holanda / 52′]

Unidas por um sobrenome comum, duas historiadoras, a brasileira Kalina Vanderlei e a alemã Sabrina van der Ley, se encontram no Recife e exploram o mito que se criou acerca desse curtíssimo período da história brasileira, status esse, que se estende ao sobrenome Wanderley, por remeter a “época dourada” em que o Brasil foi holandês.

Juntas, Sabrina e Kalina desvendam Maurícia – atual Recife – a cidade planejada construída por Nassau, que tinha um observatório astronômico e a maior ponte do novo mundo. Discutem o legado artístico e cultural deixado por Nassau para entender o porquê dessa nostalgia. Maurício de Nassau é definido por alguns moradores do Recife como “o melhor prefeito que a cidade já teve”.

Produção: M. Schmiedt Produções / Produção Associada: REC Produtores Associados

Top